Busca de navegação

Navegação

Busca

Siga-me por RSS Siga-me no Facebook Siga-me no Twitter Siga-me no LinkedIn Siga-me no Google+

Parábola da Felicidade

Cód. de Barras: 9788534905237
ISBN: 8534905231
Editora: Paulus (www.paulus.com.br)

 

 

Quatro amigos reúnem-se embaixo de uma velha jaqueira e, inesperadamente, a árvore lhes oferece a realização de um desejo. Antônio pediu para ser rico; Silas quis ser o homem mais amado do mundo; Eduardo pediu para ser inteligente e jovem; e Pedro, o homem mais famoso do mundo. O tempo passou e cada um teve seu pedido realizado. Será que ficaram felizes? Esta parábola apresenta os verdadeiros valores que podem, de fato, trazer a felicidade.


Opinião dos Leitores:

"Somos alunas da 5a. série do Primeiro Grau no Colégio Sagrado Coração de Maria. Lemos a Parábola da Felicidade e gostamos muito. Mostramos aos nossos amigos e nossos pais. Eles adoraram. Estamos sempre relendo o seu livro." - Raquel e Graziele, Pará de Minas, MG

"Tenho 27 anos, uma filha de 5 e sou professora de História. Acabo de ler a Parábola da Felicidade. Seu livro fala da felicidade como sendo uma conquista interna, possível a todo ser humano. A partir desse momento, me sinto diferente. Obrigada." - Suely de Fátima Dias, Belo Horizonte, MG.


Sugestões de dinâmicas em sala de aula:

1. Dividir a turma em quatro grupos e dar uma cartolina para cada grupo. Pedir que desenhem uma árvore com frutos pendurados e frutos caídos no chão. No tronco, escrever a palavra “vida”. Nos frutos que estão na árvore escrever as palavras-chaves que, na opinião deles, representam a felicidade e, nos frutos caídos no chão, as palavras-chaves que representam à infelicidade. Ganha a turma que conseguir lembrar de mais palavras-chaves, sem repetição. Não vale palavras sinônimas.

Os alunos devem observar que a vida contém um pouco de tudo o que está na árvore, tanto o que nos faz feliz quanto o que nos deixa infeliz. O importante é saber encontrar um equilíbrio onde o que é bom e nos deixa feliz prevaleça sobre o que é mau e nos deixa infeliz.

2. Envolver a turma na dramatização da história. Escolher quatro alunos para personagens e uma menina para ser a árvore. O restante da turma participa como figurantes. Os alunos devem procurar reinterpretar o texto, adaptando para a realidade dos alunos e do lugar.

3. Dividir a turma em quatro e pedir que cada grupo reconte a história de cada um dos quatro personagens, imaginando os desejos que deveriam realmente fazer para chegar à felicidade. Ao final, cada grupo escolhe um relator que contará a história do grupo para a turma.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Informações Adicionais

DMC Firewall is a Joomla Security extension!